Blog Tecnológico

8 passos para uma melhor renderização no Autodesk Revit

Leticia Almeida • 06 jan 2022 • Autodesk Revit

8 passos para uma melhor renderização no Autodesk Revit

Como melhorar o render no Revit

8 passos para melhorar as suas renderizações feitas no software Revit.

Dentre as diversas ferramentas que o software Revit nos apresenta, uma delas é a renderização. Apesar de não ser um programa específico para gerar renders, ele apresenta uma boa qualidade e não deixa a desejar se for usado da forma correta, proporcionando ao seu cliente visualizações satisfatórias que chegam bem perto da realidade.

Neste artigo, iremos apresentar algumas instruções essenciais para deixar o seu render feito pelo Revit ainda melhor e mais realista.

  1. Renderize as vistas criadas através das perspectivas de câmera:

Esse é um dos pontos principais a serem levados em consideração, porque se a sua câmera estiver direcionada através de uma perspectiva com um ângulo ruim, isso poderá gerar imagens distorcidas e com proporções errôneas. Por isso, se certifique de posicionar e ajustar a câmera de forma correta. Além disso, estas vistas geradas  sempre serão mais realistas do que a vista isométrica do 3D básico, então capriche no posicionamento delas.

Neste exemplo, temos uma renderização feita diretamente através de uma vista 3D padrão, não favorecendo a visualização do projeto:

Fonte: Projeto e imagens disponibilizados pela Autodesk.

Já neste exemplo, temos uma vista retirada de uma câmera, onde vemos uma melhora significativa quanto ao ângulo e realismo do projeto:

Fonte: Projeto e imagens disponibilizados pela Autodesk.

  1. Utilize famílias de alta qualidade:

É muito importante que você traga para dentro do seu projeto o máximo de detalhes e elementos que conseguir, e nesse quesito entramos com as famílias (mobiliário, vegetação, automóveis, escala humana e etc.), por isso carregue no seu projeto famílias atualizadas, que apresentem boa qualidade e que harmonizem com o ambiente criado, afinal, elas serão responsáveis por contribuir com o nível de realismo do seu projeto.

  1. Configure e ajuste os seus materiais:

Complementando a instrução anterior, muitas famílias baixadas ou até mesmo os materiais definifidos não ficam tão satisfatórios na imagem renderizada, enquanto outras ficam. No entanto, no editor de materiais, existem várias opções para explorar e modificar e, dessa forma, você pode configurá-los para que tenham o melhor efeito dentro da sua renderização, já ficando configurados até mesmo para futuros trabalhos.

  1. Selecione a resolução de trabalho mais adequada:

Dentro da aba de renderização, existem diferentes tipos de resolução, dentre elas: a média e a alta. Na prática, a diferença entre elas é quase imperceptível, mas há uma diferença de tempo significativa entre elas. Então, selecione a opção que julgar ser melhor, de acordo com o seu tempo disponível para isso.

  1. Modifique o cenário:

Dentre as configurações de renderização, a escolha de um cenário legal como um belo céu é essencial para tornar o seu projeto mais realista e com nível de qualidade elevado. Por isso, nesta fase aconselhamos que você carregue uma imagem vetorizada da internet e utilize ela como fundo de cenário para a sua renderização.

  1. Salve as representações do seu projeto:

Apesar de a janela de renderização do Revit permitir que você exporte as imagens renderizadas em jpg ou png, é muito interessante e importante que você deixe elas salvas no projeto também, dando-lhes diferentes nomes. Dessa forma você poderá acessá-las a qualquer momento para fácil visualização ou até mesmo para alguma alteração.

  1. Configure o esquema de iluminação que está usando:

Nesta fase da renderização, é importante definir os parâmetros como data, hora e local para o projeto e controlar a posição do Norte para apresentações externas. Isso lhe permitirá realizar um estudo solar e deixar sua apresentação ainda mais realista.

Temos também neste tópico a iluminação artificial, que possui maior relevância para vistas noturnas e representações de interiores. Neste caso, é preciso que você insira a iluminação no projeto de forma assertiva, para que ela proporcione um ambiente realmente realista e com alta qualidade.

  1. Execute testes antes da renderização final.

Apesar de esta instrução parecer óbvia, é muito importante lembrarmos dela. Antes de gerar o render final, é aconselhável que você selecione as  vistas do seu projeto para testar e ir gerando renderizações em modo rascunho. Dessa forma, você evita uma possível perda de tempo, caso deixe algum detalhe indesejado passar para a renderização final. Há também a opção de renderizar uma pequena região de alguma imagem antes de partir de fato para o render completo.

 

Portanto, se você seguir essas instruções e passos dentro do seu projeto, o produto final da sua imagem renderizada será realmente satisfatório e apresentará uma qualidade muito boa para as suas apresentações. Por isso, o Revit é fortemente indicado para a realização de projetos, isso porque além de unificar todas as etapas do mesmo, ainda oferece a opção de renderizar imagens realistas para que você impressione os seus clientes, tais como essas:



Projeto e render feitos por: Ildefonso Garcia Santacruz

 

Nos próximos artigos falaremos sobre configurações ainda mais profundas e detalhadas para o aumento da qualidade do seu render, tais como a configuração de materiais e da iluminação.

Fique ligado nos próximos artigos e aprofunde os seus conhecimentos nessa incrível vertente que o Revit nos proporciona!

Gostou deste conteúdo?




 

 

Leticia Almeida

Leticia Almeida

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo pela UNIP. Atualmente atuando como estagiária de arquitetura com foco em BIM.

Prvacidade e Proteção de Dados | ENG DTP & Multimídia

ENG DTP & Multimídia - Logo

 

 

ENVIE SEU CONTATO e SEUS COMENTÁRIOS

ENG DTP & Multimídia

ENG DTP & Multimídia. Todos os direitos reservados.
Nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.