Blog Tecnológico

Formatos de imagem: os 4 formatos mais usados nas redes sociais e seus tamanhos

Melissa Campuzano • 30 mar 2020

Formatos de imagem: os 4 formatos mais usados nas redes sociais e seus tamanhos

Os formatos de imagem são tão diversos que como produtores de conteúdo digital se torna difícil saber qual formato usar quando precisamos publicar imagens nas redes sociais.

Por isso neste artigo vou te contar os formatos de imagem mais utilizados pelos expertos em mídia digital e também algumas outras dicas que vão te ajudar a ter melhores resultados nas redes sociais.

 

Mas o que é formato de imagem?

É a maneira como é armazenada uma imagem para ser impressa ou utilizada no meio digital. Elas diferem umas das outras de acordo ao mecanismo que é utilizado para armazenar e rasterizar cada imagem pois cada uma tem uma quantidade de pixels e cada pixel tem designado um valor que é conhecido como bit, sim, um pouco complicado de entender, mas em síntese neste artigo você vai poder diferenciar os formatos de imagem pelas siglas que vem no fim do nome do arquivo.

 

Antes de entrar nos formatos de imagem é importante conhecer alguns conceitos

 

Pixels e resolução

Pixel é a unidade básica de informações para um monitor de computador ou qualquer outro dispositivo de exibição ao qual é possível atribuir-se uma cor. Ou seja pixel é o menor ponto que forma uma imagem digital, o conjunto de pixels com várias cores formam a imagem inteira. Por conseguinte, quanto maior o número de quadrados na grade, mais pixels ela terá e mais informações serão gravadas e, portanto, maior será a resolução ou qualidade da imagem.

Em um monitor colorido, cada pixel é composto por um conjunto de 3 pontos: vermelho, verde e azul, conhecido como RGB pelas suas siglas em inglês os quais são capazes de exibir tonalidades diferentes. Por isso que as imagens que serão usadas no meio digital sempre são RGB.


Modos de cores diferentes:

1. Modo RGB (milhões de cores)
2. Modo CMYK (quatro cores de impressão)
3. Modo índice (256 cores)
4. Modo Tons de cinza (256 tons de cinza)
5. Modo bitmap (2 cores)

 

Profundidade de cor

Ela indica o número máximo de cores que uma imagem pode conter, ou seja é a quantidade de dados de cor para cada pixel em uma imagem de bitmap. Quanto maior o número de bits por pixel, maior será a disponibilidade de cores únicas.

Por exemplo, uma imagem ou uma profundidade de bits igual a 1, tem pixels com dois valores possíveis: preto e branco. Uma imagem com profundidade de bits igual a dois elevado à oitava potência daria resultado em 256 valores possíveis. As imagens no modo Tons de cinza com profundidade igual a 8 têm 256 valores de cinza possíveis.

Agora as imagens RGB (Red, Green, Blue) que usamos em qualquer dispositivo de exibição são compostas por três canais de cores, os mesmos que são: Vermelho, Verde e Azul, cada uma delas é chamada de canal. Para uma imagem RGB se multiplicarmos 8 bits por 3 canais, encontraremos o montante de 24 bits. Como 1 bit é uma informação binária (feita de 0 e 1), teríamos a operação 2? (dois elevado à oitava potência) para cada canal. Ou seja, 2²4 (dois elevado à vigésima quarta potência), totalizando 16.777.216 combinações de cor. O que significa mais de 16 milhões de valores de cores possíveis.

 As imagens RGB de 8 bits por canal (bpc) às vezes são chamadas de imagens de 24 bits (8 bits x 3 canais = 24 bits de dados para cada pixel)

Embora o olho humano não possa identificar estes 16,7 milhões de cores, este número de combinações permite variações ténues que dão a impressão de imagens com aspectos muito reais.

Além das imagens de 8 bpc, o Photoshop também pode trabalhar com imagens que contêm 16 bpc ou 32 bpc. As imagens de 32 bpc também são chamadas de imagens High Dynamic Range (HDR). Mas como este artigo é para você maximizar o uso de imagens para suas redes sociais, continue trabalhando em 8 bits, pois assim você vai ter uma imagem com aspectos muito reais porem num arquivo mais leve.

Lembre-se que uma imagem em 32 bits tem muita informação, o que faz seu arquivo ficar maior.  Se você deseja armazenar conteúdo com essa taxa elevada de bits use suportes com alta capacidade de memória. Geralmente este tipo de imagens são utilizados para 3D ou para trabalhar com HDR.

 

1. JPEG

JPEG significa Joint Photographic Experts Group. Ou simplesmente conhecido como formato JPG.  É o formato de imagem mais utilizado no meio digital. O formato JPEG é capaz de comprimir dados e conservar a qualidade da imagem, assim ele se torna leve e, portanto, carrega com maior rapidez, por isso que é utilizado universalmente.

Você irá utilizar bastante este formato de imagem em todas suas redes sociais. Porém, tenha cuidado, este formato de imagem não possui o canal alpha, que é a transparência em volta de uma imagem ou ilustração. Vou explicar isso melhor no próximo formato de imagem.

Se você vai postar imagens de seus produtos ou de alguma consultoria ou mesmo se quer chamar a seus seguidores para participarem de uma live que fara no Instagram use este tipo de formato de imagem para publicar no feed ou nos stories. Veja que o tamanho e a resolução da imagem estejam de acordo com as indicações estabelecidas pela rede social que irá utilizar. No caso do Instagram as imagens e também os vídeos no formato vertical no feed seguem a proporção 4:5 e devem ter um tamanho mínimo de 600 x 750 pixels ou o recomendado de 1080 x 1350 pixels. Se você quiser publicar no formato quadrado e atingir uma maior qualidade em dispositivos com maior resolução salve suas imagens em 1080 x 1080 pixels. No final deste artigo você vai encontrar uma tabela como todos os formatos para redes sociais.

 

2. PNG

PNG significa Portable Network Graphics. Este formato de imagem foi originalmente desenhado para transferir imagens pela internet (não para impressão). É por isso que é compatível com o espectro RGB. Todavia este formato de imagem é utilizado com frequência no design, principalmente pelo fundo transparente.

Outra vantagem deste formato de arquivo é que ele permite uma compressão sem perca de detalhes. Isso é muito útil quando você vai usar uma imagem com textos que no geral requerem de uma boa legibilidade, mas também é muito usado para armazenar vetores, gráficos, ícones, ilustrações e outros arquivos relacionados com o desenho. Isto é em virtude de que o formato de imagem PNG tem um suporte de transparência, ou seja, o fundo branco ou retângulo em volta da imagem fica com ausência de informação de cor, como se fosse transparente e pode ser facilmente superposto em outra imagem. Isso é impossível fazer com formatos de imagem em JPEG.

Tudo isso faz do formato de imagem PNG o mais indicado para uso em estratégias digitais.

 

Este é um tipo de formato de imagem muito prático quando você mesmo precisa fazer um post que seja identificado com o nome de sua empresa. Se você tem salvo no seu smartphone a imagem do logotipo neste formato de imagem PNG, com ajuda de um aplicativo de edição de imagens, você mesmo pode colocar a marca de sua empresa por cima de uma imagem ou fotografia que será publicada na sua rede social, cuide que a aplicação da marca esteja dentro dos parâmetros de fundos permitidos, pois o contraste das cores pode prejudicar a legibilidade e identificação correta do logotipo de sua empresa, caso você tenha dúvidas consulte no Manual de Marca que foi entregue pelo Designer Gráfico ou consulte diretamente com ele (a) mesmo para não cometer erros que podem desvirtuar sua imagem empresarial. Lembre-se que você investiu no Design de Identidade Visual de sua marca, por tanto você deve ser o primeiro a cuida-lo.

 

3. GIF

A sigla significa Graphics Interchange Format. Eles possuem uma limitação de cores de apenas 256 cores, ou seja, apenas 256 possíveis combinações de cores no formato, o que faz que a imagem perca muitos detalhes, particularmente se elas são complexas. Também ocupam mais espaço, contudo tem uma altíssima taxa de engajamento nas redes sociais, elas são praticamente uma animação: diversas imagens exibidas em sequência gerando um clipe sem áudio, geralmente 15 imagens exibidas a cada segundo, essa velocidade faz que as limitações de cores do formato de imagem GIF não seja facilmente perceptível. É claro a qualidade não é incrível, mas o carregamento é muito rápido.

Use este tipo de formato de imagem nos seus stories, é uma boa estratégia de engajamento com seus clientes, mas tenha cuidado de usar em excesso para não dar um ar de falta de seriedade, a não ser que queira se mostrar com uma imagem mais descolada. 

Crie um Gif com efeito Polar Coordinates no Photoshop CC

 

4. PDF

A sigla significa Portable Document Format, criado pela Adobe em 1993.

Mais que um formato de imagem, é um arquivo do tipo universal. É basicamente utilizado para visualizar um documento independentemente do programa onde foi criado, ele pode armazenar bitmaps, vetores, textos, e outras informações em diversas páginas.

É muito usado nas redes sociais, mas particularmente quando vai se disponibilizar um documento para impressão ou visualização como um Ebook gratuito ou pago, um manual, um contrato, etc. Este é um dos arquivos que está sendo mais usado para levar conteúdo de valor a os seguidores.

Planeje hoje mesmo o próximo documento que vai disponibilizar para seus seguidores. Você pode cria-lo a partir de quase qualquer software, Word, Excel, Power Point, Illustrator, Corel Draw, InDesign. Salve o arquivo em formato PDF. No software da Adobe você clica na opção Exportar.

 

SVG

Finalmente temos o SVG Scalable Vector Graphics, não é precisamente um formato de imagem que utiliza mapa de bits (os diversos pontos minúsculos chamados pixels) como os outros formatos de imagem que citei anteriormente. O SVG é um formato libre vetorial, que pode ser gerado a partir de um software vetorial como o Adobe Illustrator ou Corel Draw pois eles se baseiam em polígonos formados por pontos que são infinitamente escaláveis e não perdem a resolução ou em outras palavras a perca de detalhes. Este tipo de imagem é utilizado em programação, portanto, ícones, animações e logos são perfeitos para utilizarem este formato e serem colocados dentro um site em HTML 5 e ainda serem programados por um desenvolvedor para serem animados.

Para salvar seus arquivos neste formato, no Illustrator clique em Arquivo> Salvar Como e selecione a opção SVG

Lembrando as redes sociais não suportam este formato, mas é citado aqui porque seu uso ainda faz parte de web sites que estão muito ligados com as redes sociais empresariais. Portanto ter conhecimento de seu uso é muito importante.

 

PSD

PSD E PSB são os formatos nativos de Adobe Photoshop

O Photoshop é o melhor software de criação de imagens, e está no centro de todos os projetos de criação, desde edição de fotos e composição a pintura digital, animação e design gráfico. Portanto os usuários podem modificar as propriedades da imagem, insertar textos, fazer superposições e inúmeras edições e salvar o arquivo nos diferentes formatos de imagem que foram citados aqui, assim como também em outros formatos de imagem como TIFF, RAW e BMP.

O formato PSD e PSB tem a capacidade de manter as edições feitas pelo usuário como texto, superposições, edição de imagens e cores para serem gerenciadas futuramente. Em conclusão o Adobe Photoshop é o software mais acertado para edição e fechamento de arquivos para os diferentes formatos de imagem que você precisar.

Para salvar seus arquivos neste formato, no Photoshop clique em Arquivo> Salvar Como e selecione a opção PSD

 

Escolha o formato de imagem mais vantajoso para a sua estratégia digital

Seguindo este pequeno e pratico artigo sobre os diferentes formatos de imagem você poderá otimizar suas estratégias nas redes sociais de uma maneira mais objetiva e eficiente.

Acompanhe esta pequena tabela comparativa dos formatos de imagem mais utilizados.

 

Você também pode baixar grátis aqui os arquivos de PSD prontos para suas estratégias digitais para as principais redes sociais.

Espero tenha gostado e nas próximas semanas estes arquivos o ajudem a se tornar mais eficiente, lhe desejo sucesso e ótimos resultados em suas estratégias digitais.  

Compartilhe esta informação importante com seus colegas e amigos e venha conhecer mais dos cursos de manipulação digital na ENG DTP & Multimídia. Solicite mais informações via online.

Até a próxima!

Melissa Campuzano

Melissa Campuzano

Melissa Campuzano, graduada em Design Gráfico pela UCATEC, com grau de Record Acadêmico.

Trabalha na área de Design, desenvolvendo projetos variados de design, imagem corporativa e eventos no exterior.
Com suas peças gráficas conseguiu mudar a percepção do público sobre o que significa estudar numa universidade de empreendedores.
É instrutora e consultora das tecnologias Adobe, atuando na ENG DTP & Multimídia.

Prvacidade e Proteção de Dados | ENG DTP & Multimídia

ENG DTP & Multimídia - Logo

CONTATO