Blog Tecnológico

Ícone, Índice, Símbolo

Melissa Campuzano • 11 out 2016

A semiótica é o estudo dos signos. Esta esfera do conhecimento existe há um longo tempo, e revela as formas como o indivíduo dá significado a tudo que o cerca. O estudo dos signos ganhou uma grande importância na área da comunicação.  Os designers podem utilizar a semiótica para gerar formas significativas, bem como para estudar os signos de comunicações existentes. Por exemplo, para criar um logotipo ou um sistema de ícones, os designers podem olhar para as categorias básicas de signos visuais para gerar ideias com diversos graus de abstração ou de familiaridade.


O filosofo America Charles S. Pierce e seu seguidor Charles Morris identificaram três tipos básicos de signos: ícone, índice e símbolo.


ICONE
É um signo visual ( uma imagem) que representa um objeto ou coisa por semelhança já que possui as mesma características que o objeto. Um ícone usa forma, cor, som textura e outros elementos gráficos para criar uma conexão evidente entre imagem e ideia. Os ícones dependem, em diferentes graus, das convenções culturais.

 

 

 

INDICE
Um índice aponta alguma coisa com o qual esta ligada por semelhança ou proximidade no lugar de representá-la. Ossos, pratos, casinhas de cachorro são objetos familiares que podem representar o próprio cão.

 



SIMBOLO
Os símbolos são abstratos. O símbolo se refere ao objeto denotado por associação de ideias produzidas por uma convenção. Os símbolos mais comuns que usamos são as palavras. O alfabeto é outro conjunto de símbolos concebidos para representar os sons da língua.


Os signos visuais muitas vezes incorporam atributos de mais de uma categoria de signo. Uma placa de banheiro femenino mostrando uma mulher de vestido é um ícone (retratanto a figura humana), mas é também um índice (indicando a localização de um banheiro). Supissa Wattanasansanee.

Atualmente existem muitos signos que foram padronizados e são usados internacionalmente, agora é possível baixar varios deles desde uma conta Adobe ID. Você pode usar os ativos da Creative Cloud para criar projetos diferentes e até armazenar, gerenciar e compartilhar seus arquivos com outros usuários, tudo sincronizado nos seus aplicativos móveis e desktop.


A Creative Cloud Market é uma coleção de conteúdo de alta qualidade de profissionais de criação para profissionais de criação. Os membros da Creative Cloud podem acessar ativos do Market gratuitamente tanto no desktop quanto nos dispositivos móveis (por meio dos aplicativos conectados da Creative Cloud), escolhendo entre uma seleção de incríveis gráficos vetoriais, ícones, padrões, kits de interface e muito mais. Os membros da Creative Cloud podem baixar até 500 ativos únicos e isentos de royalties todo mês. Esse novo e avançado serviço permite aos profissionais de criação encontrar facilmente ativos para criar, manipular, modificar e incluir em seus processos criativos.

Melissa Campuzano

Melissa Campuzano, graduada em Design Gráfico pela UCATEC, com grau de Record Acadêmico.

Trabalha na área de Design, desenvolvendo projetos variados de design, imagem corporativa e eventos no exterior.
Com suas peças gráficas conseguiu mudar a percepção do público sobre o que significa estudar numa universidade de empreendedores.
É instrutora e consultora das tecnologias Adobe, atuando na ENG DTP & Multimídia.

CONTATO