Blog Tecnológico

Case: BIM na Gestão de Campus da UNIFENAS

Larissa Gimenez • 30 out 2019

Case: BIM na Gestão de Campus da UNIFENAS

BIM na Gestão de Campos da UNIFENAS: Case de Sucesso

O BIM como conhecemos vem a ser uma metodologia inovadora no processo de criação de projetos do ramo AEC (Arquitetura, Engenharia e Construção Civil), um processo de criação que inclui todo o ciclo de vida da edificação, incluindo um modelo virtual, informações quantitativas conectadas e um processo interdisciplinar.

Levando em conta a movimentação nacional pela implementação de um processo BIM, a Universidade José do Rosário Vellano – Unifenas decidiu se colocar a frente e iniciar essa mudança.

BIM NA GESTÃO DE CAMPOS DA UNIFENAS: CASE DE SUCESSO 01

Vista aérea da entrada da universidade realizado com o drone.

Para o primeiro passo, foi decidido recriar a base topográfica da sede em Alfenas – MG, a qual possui mais de 5 (cinco) hectares de área e um grande declive. A sede conta ainda com mais de 50 (cinquenta) construções, incluindo os prédios universitários.

Para iniciar essa captura das informações, começamos o projeto com o auxilio de um drone para fazer a captura aérea da área como um todo, foi necessário sobrevoarmos em 2 (duas) alturas distintas para capturar diferentes graus de informações.

BIM NA GESTÃO DE CAMPOS DA UNIFENAS: CASE DE SUCESSO 02

Vista aérea do voo realizado com o drone.

O próximo passo foi levar a captura para dentro do Autodesk Recap Pro, aonde podemos visualizar as informações através de nuvem de pontos de toda a área sobrevoada. É necessário então trabalhar camada por camada para ter um acabamento final, acabamento este que possui nível de precisão de 2 mm, trazendo uma precisão excelente na hora de recriar a base final do projeto.

BIM NA GESTÃO DE CAMPOS DA UNIFENAS: 03CASE DE SUCESSO 03

Vista dentro do Autodesk Recap Pro.

BIM NA GESTÃO DE CAMPOS DA UNIFENAS: CASE DE SUCESSO 04

Vista dentro do Autodesk Recap Pro.

A nuvem de pontos serve de base para recriar o projeto dentro de algum software de projeto, neste caso usamos o Autodesk Infraworks devido ao contexto urbano que o projeto está inserido. A primeira conexão a ser feita é a de curvas de nível, conectando os pontos capturados e o modelo topográfico gerado dentro da própria plataforma de trabalho.

BIM NA GESTÃO DE CAMPOS DA UNIFENAS: CASE DE SUCESSO 05

Vista aérea de toda a área dentro do Autodesk Infraworks.

Após as conexões topográficas e geoespaciais de base é necessário recriar e trabalhar camada por camada para dar o acabamento final ao projeto. Dentro do Autodesk Infraworks é possível estabelecer condições existentes e conectar à projetos em diferentes fases, tornando o contexto urbano mais realista e de forma interdisciplinar, conectando diferentes tipos de profissionais em diferentes fases.

Além de ser um software que faz uso do conceito BIM (Building Information Modeling), também faz conexões com softwares de geoprocessamento, indica volumes de corte, aterros e materiais, além de trabalhar a estruturação viária, conexões hidro sanitárias e até criação de pontes e túneis.

BIM NA GESTÃO DE CAMPOS DA UNIFENAS: CASE DE SUCESSO 05

Vista aérea do Autodesk Infraworks.

Para este projeto recriamos as volumetrias pré-existentes em forma de volumes de massas e inserimos os novos projetos em forma de modelos/objetos 3D. Podendo assim conceitualizar e visualizar o campus como um todo, entendendo o contexto do ambiente construído e o proposto. Além de visualizar as edificações em contexto para trazer alternativas de projetos é importante ter em mente que este software dá a possibilidade de trabalhar também a infraestrutura da base topográfica e integrar princípios de engenharia.

BIM NA GESTÃO DE CAMPOS DA UNIFENAS: CASE DE SUCESSO 06

Vista aérea do Autodesk Infraworks.

Ao longo do tempo, além de avaliar e contextualizar as novas alternativas de projeto e simulações de novas ideias é possível atualizar as edificações que agora são apenas volumétricas para modelos 3D recriados em softwares como por exemplo no Autodesk Revit, aonde trás para a base características, informações e visualizações cada vez mais próximas ao real.

BIM NA GESTÃO DE CAMPOS DA UNIFENAS: CASE DE SUCESSO 07

Vista aérea do Autodesk Infraworks.













Larissa Gimenez

Larissa Gimenez

Especialista em Tecnologias Autodesk na Metodoligia BIM, com as Tecnologias REVIT, Navisworks e Infraworks.
Atua no Setor de Consultoria e Treinamentos da ENG DTP & Multimídia, no planejamento e auxílio de palestras, workshops e conteúdo personalizado de treinamentos a empresas no seguimento AEC (Arquitetura, Urbanismo e Construção Civil).
Formação em Arquitetura e Urbanismo na UNIP - Universidade Paulista.

ENG DTP & Multimídia - Logo

CONTATO